Arquivos da Categoria: Ouvido

Saiba mais sobre a Síndrome de Méniere

Rita de Cássia C. Guimarães, otorrionolaringologista e otoneurologista, aponta que a Doença de Ménière é uma doença que afeta o funcionamento do labirinto e compromete seriamente a audição e o equilíbrio do corpo. “Os pacientes apresentam sensação de pressão no ouvido, zumbido, crises de tontura rotatória e hipoacusia. Outra importante causa de surdez é a exposição a ruídos intensos cuja lesão nas células sensoriais do ouvido interno é irreversível”, acrescenta.

Conheça as doenças do ouvido interno

Segundo Rita de Cássia C. Guimarães, otorrionolaringologista e otoneurologista, o ouvido interno corre o risco de ser prejudicado por doenças que podem comprometer seriamente a audição e o equilíbrio corporal. “Doenças metabólicas como as do metalismo de açúcar e gorduras podem afetar as células sensoriais, tão sensíveis que não conseguem se regenerar. Problemas vasculares no ouvido interno podem causar vertigens, dificuldades de equilíbrio e zumbido. Há também os tumores e doenças degenerativas que podem provocar surdez”, ressalta a médica, que é coordenadora do Grupo de Apoio a Pessoas com Zumbido de Curitiba (GAPZ).

Otite pode causar perda da audição

De acordo com Rita de Cássia C. Guimarães, otorrionolaringologista e otoneurologista, no ouvido médio as doenças mais comuns são as otites. A otite é uma inflamação dolorosa causada pela presença de bactérias ou vírus, como os da gripe, que se não for tratada pode levar até a perda da audição. “Há ainda a otosclerose, doença relacionada com o processo de ossificação do ouvido que causa perda progressiva da audição”, aponta à especialista.

Corpos estranhos podem causar a obstrução dos ouvidos

O ouvido é um órgão é sensível e frágil, que exige cuidados para não sofrer lesões. Som alto, fones de ouvido, cotonetes e até o frio podem causar problemas nos ouvidos. “A obstrução do ouvido externo, por exemplo, pode ser causada pela introdução de corpos estranhos em seu interior ou pelo acúmulo de cera endurecida. No caso do excesso de cera existem procedimentos de retirada que devem ser feitos sempre com um médico especializado”, observa Rita de Cássia C. Guimarães, otorrionolaringologista, otoneurologista, mestre em clínica cirúrgica pela UFPR e coordenadora do Grupo de Apoio a Pessoas com Zumbido de Curitiba (GAPZ).

Conheça as estruturas do ouvido

O ouvido é um órgão fundamental para a comunicação e é responsável pela audição, pelo equilíbrio e também atua em conjunto com as vias respiratórias. Ele é composto basicamente por três partes: o ouvido externo, o médio e o interno. “O externo possui a parte mais visível do ouvido, o chamado pavilhão auricular, e o canal auditivo. O médio, também conhecido como caixa do tímpano, é a cavidade que contém os menores ossos do nosso corpo: o martelo, a bigorna e o estribo. E o interno, ou labirinto, é constituído por uma parte responsável pela audição e outra pelo equilíbrio”, explica a otorrinolaringologista Rita de Cássia C. Guimarães.