Arquivos da Categoria: Mídia Social

Moda, beleza e Marketing Digital: uma união de sucesso

20O Marketing Digital, por excelência, consiste em um conjunto de ações de comunicação que as empresas podem utilizar, principalmente através da internet, para divulgar e comercializar seus produtos, além de conquistar outros clientes e melhorar o seu networking. Essa forma de marketing se torna mais relevante no mundo atual, em que grande parte das pessoas utiliza a internet diariamente.Segundo Ingrid Teles, fundadora da Agência Creators Content, o Marketing Digital é especialmente atraente para quem possui um e-commerce, ou seja, uma forma de comércio virtual. “Só em 2014, no Brasil, 7% das vendas gerais foram realizadas via lojas virtuais. Esse número é muito expressivo para um mercado que vem se popularizando nos últimos anos, e mostra uma tendência que promete aumentar cada vez mais”, comenta.

Ela explica que o Marketing Digital pode ser voltado para nichos específicos dentro da rede. “O mercado de moda e beleza é um dos segmentos que mais se beneficia com isso, pois atrai um público muito diversificado. Em alguns cases da Creators Content, foi possível perceber como essa forma de marketing pode fazer diferença na lucratividade de uma empresa”, afirma.

Ingrid lembra de quando começou com uma de suas clientes mais antigas. “Quando comecei a cuidar da empresa Diva’s Showroom, sabia que seria difícil, mas o resultado foi muito gratificante. Com esse e-commerce, que vende prioritariamente cosméticos importados, conseguimos alcançar oito mil curtidas orgânicas (isto é, sem patrocínio) na página do Facebook.

A profissional finaliza, dizendo que, também para esse segmento, o Marketing Digital se torna essencial, pois, como o público consumidor de moda e beleza sempre procura por novidades, as empresas se beneficiam ao mostrar seu potencial de maneira contínua. “Sempre recomendo que as empresas vão até onde seus clientes estão, seja somente em e-commerce, redes sociais ou ambos”, conclui.

Serviço: Agência Creators

Ingrid Teles

Site: www.creatorscontent.com.br

E-mail: ingrid@creatorscontent.com.br

Telefone: 41 9546-4157

Anúncios

O que muda com o novo algoritmo do Google

imagem_release_438430Uma das atualizações mais recentes do algoritmo de busca do Google chocou um pouco a comunidade tecnológica, pois esta mudança influenciou diretamente nos resultados que aparecem no topo da página.

Antes, se o usuário pesquisasse por um tema qualquer, páginas que explicassem o que é esse assunto (como a Wikipédia, por exemplo) apareceriam no topo da primeira página. Agora, os primeiros links disponíveis sobre determinado tópico serão, prioritariamente, artigos e ensaios acadêmicos sobre o assunto. Apesar de polêmicas, essas não foram as únicas atualizações dos software do gigante de buscas, que nomeou esse novo sistema como “Panda”.

Segundo Ingrid Teles, fundadora da Agência Creators Content, outro uptade importante, e que está diretamente relacionado aos modos com que se consume informação é o fato que o essa atualização beneficia quem consome informação via smartphone. “É cada vez mais comum que as pessoas utilizem das tecnologias móveis para se informar, e o Panda vai facilitar a vida desses usuários”, comenta.

Ela, que trabalha com Marketing Digital, acredita que um ponto chave para os veículos se manterem em destaque será fazendo o investimento em tecnologia móvel. “Cada vez mais as pessoas se utilizam dos aparelhos portáteis para fazer as mais diversas coisas, seja realizar uma transferência bancária, comprar algo ou falar com alguém. O Google percebeu essa tendência, e foi isso que gerou essa mudança”, explica.

Ingrid finaliza, recomendando que, inicialmente, as empresas procurem profissionais voltados ao marketing, para ajudar nessa transição. “Agora, os formatos e conteúdos devem ser pensados para mobile, para que, assim, as empresas continuem no topo da página de buscas do Google”, conclui.

Serviço: Agência Creators

Ingrid Teles

Site: www.creatorscontent.com.br

E-mail: ingrid@creatorscontent.com.br

Telefone: 41 9546-4157

Design e inovação são necessários na sua empresa

imagem_release_435574Em um mundo globalizado e competitivo, onde milhares de marcas oferecem o mesmo tipo de produto, é preciso diferenciar-se e chamar a atenção do público de maneiras diferentes. O design é algo muito importante, que deve estar presente na empresa ou produto que quer se destacar.

O design está presente em tudo à sua volta, em todas as áreas de uma empresa e em todos os elementos que compõem a comunicação com o público consumidor. Pensar que o design é uma parte pequena do seu empreendimento é errado, pois ele se encontra no desenho da sua marca, nas embalagens dos produtos, no seu site, no seu marketing empresarial e até na fachada da sua empresa, envolvendo formas, cores, desenhos e muito mais.

Segundo Jonathan Souza, um dos fundadores da Agência Publicidade Popular, de Porto Alegre, ao investir na identidade visual da sua empresa, você estará investindo na sua imagem perante aos clientes. “Usando o design de diferentes formas, os clientes acabam por perceber a empresa como inovadora, que esta atenta às mudanças nas tendências, tudo sem perder sua identidade original. O primeiro contato do cliente com a empresa é através do visual, por isso a parte estética é tão importante”, afirma.

Ele lembra que, de acordo com pesquisas mercadológicas internacionais, para cada dólar investido em reais (aproximadamente três reais) na parte do design de uma empresa- que inclui a elaboração de logotipo, dos produtos e do site, por exemplo-, acontece um retorno de cinco dólares (aproximadamente 15 reais). “É um investimento baixo, se comparado a todas as possibilidades que ele engloba, pois a marca pode ficar gravada de forma positiva na mente do consumidor”, pontua.

Souza finaliza, esclarecendo que este investimento, por mais que seja baixo, resulta na permanência no mercado, e na fixação contínua na vida dos usuários, através dos produtos e serviços. “Grandes  marcas estão fixadas em nossa mente por terem uma identidade visual muito forte, o que permite que elas continuem líderes em seus respectivos mercados”, conclui.

Serviço: Publicidade Popular

Site: www.publicidadepopular.com.br

E-mail: contato@publicidadepopular.com.br

Marketing Digital para pequenas empresas

imagem_release_421922O Marketing Digital é uma ferramenta que pode ser utilizado para diversos ramos de negócio, pois consiste, basicamente, no uso das redes sociais para a divulgação da marca, podendo criar um vínculo melhor entre o cliente e a empresa, já que mexe com conteúdo específico para o perfil do público-alvo.

Entretanto, o que muitos não sabem, é que o Marketing Digital é uma ferramenta que pode ser amplamente utilizada para pequenos negócios, como um negócio familiar de doces, por exemplo. Segundo o que diz Ingrid Teles, fundadora da Agência Creators Content, essa é uma das ferramentas mais baratas para se divulgar um serviço. “Você criar uma página no Facebook e veicular anúncios nessa rede é muito mais barato do que mandar fazer panfletos, ou, ainda, fazer uma propaganda para televisão”, explica.

Ingrid ainda conta que essa ferramenta torna possível mensurar e identificar quais são seus retornos, e quais públicos estão sendo alcançados. “A empresa investe e consegue saber claramente para onde está indo este dinheiro, e em qual público vale mais a pena investir. Divulgar seu serviço por meio do Facebook é como criar uma vitrine para seu trabalho, sem custar caro”, afirma.

Ela, que mexe com o Marketing Digital na Creators Content, finaliza, exemplificando o caso do artesanato. “Normalmente, a pessoa que produz algo artesanalmente venderia para pessoas próximas, mas, com o Marketing Digital, ela consegue uma visibilidade maior e melhor, você conseguiria outras pessoas que não alcançaria sem essa ferramenta”, conclui.

Serviço: Agência Creators

Ingrid Teles

Site: www.creatorscontent.com.br

E-mail: ingrid@creatorscontent.com.br

Telefone: 41 9546-4157

Jovens empreendedores no Brasil mais que dobraram nos últimos anos

20Segundo uma pesquisa divulgada pelo Sebrae, em 2011, o número de jovens empreendedores brasileiros mais que dobrou nos últimos 14 anos. O senso comparou o número de jovens que saíram da faculdade em 2001 a 2011, e descobriu que, o valor aumentou de 370 mil a 700 mil empreendedores.

As características dos jovens empreendedores são resumidas em vislumbrar o sucesso e desejar a liberdade, não dependendo de ninguém para ganhar seu próprio dinheiro. Essas pessoas são motivadas pelos desafios, visam impactar a vida das pessoas, compartilhar informações e usar seu dinamismo para conquistar o mercado. Apesar de uma pesquisa realizada em 2014 pela CONAJE (Confederação Nacional dos Jovens Empresários) apontar que 72% dos jovens empreendedores brasileiros são homens entre 26 e 31 anos, não é incomum encontrar mulheres que querem ser donas dos seus próprios negócios, e não medem esforços para isso.

Ingrid Teles, de 20 anos, é uma delas. Apaixonada por dança, ela já competiu em torneios nacionais e internacionais, e é professora em diversas modalidades diferentes. Além de ter um blog, chamado Feriado Particular, onde ela conta sobre suas viagens, além de dar dicas sobre maquiagem, moda e o que mais a autora tiver vontade de contar, ela também é fundadora da Agência Creators Content, de Curitiba, sendo, este, seu mais novo projeto. “A Creators foi criada em 2015, pois percebi que Marketing Digital é uma demanda crescente atualmente, e não são todas as agências que oferecem esse serviço”, conta.

Ela, que atualmente cursa Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), já tinha experiências na área, o que possibilitou a fundação do seu negócio. “Fiz um ano de Publicidade e Propaganda, em São Paulo, pois sou natural de lá, e nesse meio tempo trabalhei em muitas agências, o que permitiu com que eu desenvolvesse essas habilidades específicas no Marketing Digital. Quando recebi uma bolsa para fazer Jornalismo na PUCPR, me mudei para Curitiba”, diz Ingrid.

Apesar de ainda não ser formada, ela já soma diversos cases (casos de clientes, em língua publicitária) de sucesso em seu portfólio. “O caso que tenho maior orgulho é o do e-commerce Diva’s Showroom, em que, ao longo de dois anos, conseguimos conquistar mais de 8 mil curtidas orgânicas, isto é, sem pagar por anúncios para atrair fãs. No mundo do Marketing Digital, essa proeza não é comum, o que deixou os proprietários da loja muito satisfeitos”, lembra a estudante.

Ingrid finaliza, afirmando que, se você quer que seu sonho se realize, e seu negócio prospere, é necessário investir com tudo nele. ” Antigamente, a faculdade demandava muito tempo, o que impedia que eu me estabelecesse em agências tradicionais. Deixei outros empregos para focar na Creators, e não me arrependo, pois, além de poder dar a atenção devida para os meus estudos, também faço o que gosto, da maneira que eu quero, e quero construir meu futuro a partir disso”, conclui.

Serviço: Agência Creators

Ingrid Teles

Site: www.creatorscontent.com.br

E-mail: ingrid@creatorscontent.com.br

Telefone: 41 9546-4157

8 dicas para abrir seu negócio online

imagem_release_422659Atualmente, o mercado de vendas online encontra-se em constante crescimento, tanto no mundo, quanto, especialmente, no Brasil. Em 2014, o comércio eletrônico no país foi extremamente forte na área de informática, eletrônicos e roupas ligadas à seleção brasileira de futebol, por estar perto da Copa do Mundo FIFA.

Em 2015, espera-se que haja um grande crescimento em lojas de nicho, especializados em roupas ou consumo de comida em restaurantes locais, por exemplo. A tendência, para este ano, é que o e-commerce seja focado em itens de necessidade básica, sendo que boa parte das rendas online serão feitas por meio dos dispositivos móveis, como smartphones e tablets, já que, em 2014, cerca de 7% das vendas pela internet foram realizadas via mobile, e esse número tende a crescer.

Com informações como estas, fica claro que investir em lojas online, já possuindo lojas físicas ou não, é uma boa opção. Entretanto, é preciso ter um mínimo de conhecimento básico antes de desbravar esta nova área, pois toda a preocupação que pode existir em uma loja física precisa ser lembrada em um e-commerce. Por exemplo, assim como uma loja física precisa ser organizada e limpa para agradar os olhos do cliente, é preciso ter o mesmo cuidado com a loja online, pensando no design, por exemplo.

Segundo Jonathan Souza e David Nudelman, criadores da Agência Publicidade Popular, de Porto Alegre, muitas pessoas pensam que, porque o ambiente é online, algumas preocupações, como a apresentação dos produtos, não são tão importantes, quando, na verdade, é muito pelo contrário, já que o cliente precisa sentir confiança na qualidade dos produtos ao acessar o site.

Os fundadores listaram 8 dicas importantes para quem quer abrir um e-commerce, confira:

1.   Imagem dos produtos

Segundo os empresários, pensar na imagem dos produtos que serão vendidos online é essencial, pois eles são o “cartão de visita” do seu negócio;

2.   Estoque de Produtos

“Venda apenas o que você pode produzir, vender e não entregar prejudica muito a reputação da sua loja online”, explica Souza;

3.   Noções de Informática

De acordo com os sócios, para administrar suas vendas online, é preciso ter o mínimo de conhecimento sobre sua plataforma de vendas. “Ter ajuda de uma equipe para manter seu site sempre funcionando bem é fundamental, mas é preciso que o proprietário saiba, de maneira básica, mexer na sua própria página, para caso aconteça alguma emergência”, diz Nudelman;

4.   Divulgação

Quem não faz propaganda, não possui clientes e nem faz sucesso. Para isso, sua loja precisa ser divulgada e campanhas na web, o que ajudará nas vendas;

5.   Atendimento

” Ter uma pessoa que seja responsável por sua loja online é importante para respostas rápidas aos seus clientes”, afirma Souza. Ou seja, como a Internet funciona 24h por dia, é preciso ter alguém para dar suporte ao atendimento de seus clientes por boa parte da jornada diária;

6.   Identidade Visual

Assim como eu uma loja física, a aparência da loja online precisa transmitir credibilidade, confiança e transparência para seus clientes;

7.   Logística

“Pense na melhor estratégia de entrega dos seus produtos. Prazos e qualidade de entrega são fundamentais para sua loja ser um sucesso, afinal, ninguém gosta de quem não cumpre o que foi prometido”, pontua Nudelman;

8.   Conta Bancária

Para melhor controle das contas da empresa, o recomendado é que o proprietário faça uma conta bancária empresarial, separando o pessoal do profissional;

Serviço: Publicidade Popular

Sites: www.publicidadepopular.com.br

www.publicidadepopular.com.br/#!8-coisas-que-você-precisa-saber-antes-de-vender-online/c1c1f/5522aed10cf215f35a434d67

E-mail: contato@publicidadepopular.com.br

Saiba mais sobre a Síndrome do Pensamento Acelerado

imagem_release_419674No mundo em constante mudança e com o ritmo acelerado, é difícil afastar a mente dos problemas e obrigações diários, fazendo com que, mesmo nos momentos de descanso, as pessoas continuem com a cabeça cheia.

Com origem no ritmo alucinante das grandes cidades, overdoses diárias de informações e obrigações que afetam a saúde emocional, a Síndrome do Pensamento Acelerado é uma condição do mundo moderno, que acomete milhares de pessoas. Segundo especialistas, essa síndrome não é uma doença, mas, sim, um sintoma vinculado a um quadro de transtorno de ansiedade.

O psicólogo e master coach João Alexandre Borba explica que as pessoas mais vulneráveis a desenvolverem esse tipo de síndrome são aquelas avaliadas constantemente por causa de suas obrigações profissionais, não podendo se desligar delas por nem um segundo. ”Bons exemplos são médicos, jornalistas e executivos. A pressão profissional, juntamente ao excesso de informações às quais somos submetidos diariamente, que é considerado normal, atualmente, pode abalar o emocional de alguém”, afirma.

O profissional cita que os sintomas são a sensação de estar sendo esmagado pela rotina, a impressão de que as 24 horas por dia são insuficientes para o cumprimento de todas as tarefas, o sentimento de apreensão, falta de memória, déficit de atenção, irritabilidade e sono alterado. “O esgotamento mental é a principal descrição para a pessoa que sofre da SPA, transferindo o cansaço intelectual para o cansaço físico, o que faz com que o humor seja muito volátil, também. A tecnologia tem influência nesse quadro, pois é lotada de estímulos e informações que podem cansar a vista e o cérebro”, observa.

Borba conclui, falando que, para quem se identificou com os sintomas acima, é recomendado buscar ajuda profissional. “O melhor a se fazer é buscar um estilo de vida que permita fugas do estresse cotidiano, praticando atividades físicas e dedicando tempo ao lazer. Fazer pausas, retomar alguns hobbys e tentar fazer coisas sem nenhuma atividade simultânea”, finaliza.

Serviço: João Alexandre Borba

Master Coach Trainer e Psicólogo

joao.alexandre@live.com

www.facebook.com/joaoalexandre.c.borba

Unindo o útil ao agradável

imagem_release_417765Com o advento da internet, é cada vez mais comum existirem veículos escritos de maneira subjetiva, mas que compartilham informações sobre viagens, técnicas de cabelo e maquiagem, e experiências pessoais de todos os tipos, desde rompimentos amorosos, até como é ser mãe pela primeira vez, por exemplo.Essas formas de mídias são popularmente chamadas de “blogs”, que, por definição, são páginas de internet regularmente atualizadas, que contém textos organizadas de forma cronológica, com conteúdos diversos e que buscam interação com seus leitores. Por meio deste tipo de veículos, por exemplo, é possível planejar uma viagem para o exterior, pegando dicas de locais e atrações acessíveis. Além disso, para os próprios blogueiros, poder contar parte de sua vida, dividindo-a com pessoas que já tiveram os mesmos sonhos, problemas e angústias, por exemplo, é uma experiência única.

Segundo Ingrid Teles, que fundou, há quase cinco anos, o blog “Feriado Particular”, o importante é fazer algo que você gosta, e que possa ser transmitido para as pessoas. “Criei essa página para falar que moda, maquiagem, dança e, enfim, qualquer tipo de assunto que me interesse. Um fenômeno legal de se observar é que, quanto mais você se dedica, melhor é a reação do público sobre determinado post”, afirma.

Ela, que também é fundadora da Agência Creators Content, de Curitiba, acredita que um ambiente como este é feito para expressar sua opinião, não importando se ela está certa ou errada. “É como um diário com quem você desabafar, contar coisas legais e fazer reflexões. Além disso, é incrível poder estabelecer parcerias, como as que tenho no Feriado Particular, para incrementar o conteúdo do site”, pontua.

Ingrid ainda fala que, se o blog for bem administrado, ele pode, também, ser rentável. “É, basicamente, unir o útil ao agradável: você faz o que gosta, pode entregar informação e produtos de qualidade para seus leitores”, finaliza.

Serviço: Agência Creators

Ingrid Teles

www.feriadoparticular.com

Site: www.creatorscontent.com.br

As cirurgias plásticas na era das selfies

70Todos os dias, milhares de pessoas tiram selfies. E não tiram apenas uma, mas, sim, duas, três, quatro, e por aí vai. O que era antes era popular apenas entre grupos jovens, hoje, é praticado por pessoas de diversas idades e classes sociais. O dicionário Oxford, da língua inglesa, incluiu a palavra “selfie” sob a definição de “uma fotografia que você tira de si mesmo, tipicamente feita com um smartphone ou webcam, e compartilhada via mídia social”.

Apesar dos autorretratos já existirem, praticamente, desde que a fotografia foi inventada, o novo termo popularizou a prática. Entretanto, alguns dizem que é a possibilidade da foto receber “curtidas”, como no Facebook e Instagram, que tornou as selfies um sucesso. Afinal, não basta apenas sorrir, é necessário transmitir uma mensagem para quem verá a foto, como sensualidade, por exemplo.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Academia Americana de Plástica Facial e Cirurgia Reconstrutiva (AAFPRS, em inglês), a ascensão das selfies teve um grande impacto positivo sobre a indústria da cirurgia plástica facial. Este estudo revelou que um em cada três cirurgiões plásticos faciais constatou um aumento do número de procedimentos que possuíam relação com o fato dos pacientes quererem uma melhor aparência para as fotos postadas nas redes sociais. Também observou-se que, aproximadamente, 13% dos membros da AAFPRS (que são quem participa da pesquisa) identificaram uma grande insatisfação dos pacientes com a aparência em plataformas online.

Segundo Alderson Luiz Pacheco, cirurgião plástico com atuação em Curitiba, as redes sociais fazem com que os usuários mantenham uma forte autocrítica sobre si mesmo. “Muitas vezes, as pessoas não se contentam com serviços como o Photoshop para melhorarem suas fotos, pois sabem que a mudança só ocorre no ambiente virtual, e, por isso, cirurgias plásticas no nariz, pálpebras e transplantes de cabelo são cada vez mais comuns”, comenta o médico.

Ele ainda fala que as mulheres se mostram mais propensas a fazer liftings faciais e rinoplastias, enquanto os homens estão mais preocupados com rugas e perda de cabelo. “As redes sociais têm exercido, cada vez mais, um papel relevante na vida dos jovens e de sua autoestima. As selfies podem ser um grande instrumento de aprendizagem e autoexploração, mesmo que isso signifique fazer algumas mudanças estéticas para que a pessoa se sinta melhor consigo mesma”, finaliza o profissional.

Serviço: Doutor Alderson Luiz Pacheco (CRM-Pr 15715)

Cirurgião Plástico

Sites: http://www.alplastica.com

http://www.michelangeloclinica.com.br

Blog: http://draldersonluizpacheco.wordpress.com

Email: plastica.pacheco@yahoo.com.br

Fone: (41) 3022-4646 e 4141-4424

Endereço: Rua Augusto Stellfed, 2.176, Champagnat, Curitiba/PR.

Fontes da Toda Comunicação Curitiba/PR

A publicidade nas redes sociais

imagem_release_400322_mediumNo dia 10 de abril, o aplicativo Instagram, que consiste em uma rede social de compartilhamento de fotos e vídeos, anunciou que começaria a veicular publicidade na “timeline” dos seus usuários. Apesar de ter sido vendido por 1 bilhão de dólares para o Facebook alguns anos atrás, até o presente momento, o aplicativo não era rentável.

Os anúncios publicitários já aconteciam no Instagram dos Estados Unidos, mas, para o Brasil, isto é inédito. O usuário ainda tem a opção de filtrar o tipo de anúncio que quer ver em seu feed. Por exemplo, se aparecer algo que não combine com seu perfil, ou que não agrade o inscrito, basta clicar nos três pontinhos que ficam abaixo do post, e dar o feedback sobre o anúncio. Na primeira semana desse novo recurso, empresas como Avon, Closeup, Coca-Cola, Visa e Vivo iniciaram suas campanhas através do aplicativo.

De acordo com Ingrid Teles, fundadora da agência Creators Content, de Curitiba, as  empresas estão, cada vez mais, procurando novas maneiras de se aproximarem de seus clientes. “Banners, vídeos, postagens…todos os dias, novos formatos de publicidade nas mídias sociais surgem para levar as mensagens desejadas, pelas empresas, aos usuários”, conta. Ela, que trabalha com o Marketing Digital como ferramenta para otimizar o alcance dos seus clientes no ambiente online, analisa que, gradativamente, está se tornando um desafio criar conteúdo de qualidade e que interesse o consumidor para manter um bom relacionamento com ele.

Ingrid explica que, em 2014, os gastos com publicidade na internet superaram os dos jornais. “Só o Facebook, no terceiro trimestre de 2014, foi responsável por 2,96 bilhões de dólares em propaganda, dos quais 66% vieram de anúncios para mobiles”, observa. “Acredito que investir em propaganda, nas redes sociais, é uma é uma boa forma de se obter retorno, pois, além do grande alcance e ótima segmentação de público, é possível mensurar e acompanhar os resultados”.

Serviço: Agência Creators

Ingrid Teles

Site: www.creatorscontent.com.br

E-mail: ingrid@creatorscontent.com.br

Telefone: 41 9546-4157

Site reunirá comércio da Rua Teresa, em Petrópolis

29Um projeto promete revolucionar o tradicional comércio de roupas da Rua Teresa, em Petrópolis, Rio de Janeiro. A rua possui mais de 800 empresas têxteis, mas poucas delas tinham alguma interação online com os clientes. Por isso, um petropolitano e um coordenador de tecnologia  resolveram criar a iniciativa de disponibilizar a venda de produtos de diversas dessas lojas por meio de um site. A ideia combinou inovação com praticidade, pois, realizando apenas um cadastro, a pessoa tem acesso a todas as lojas parceiras do site, e, na hora de finalizar a compra, pagará apenas um frete.

Segundo Makinson Agostini, um dos idealizadores do projeto, a ideia é facilitar não só as vendas, mas também a relação entre os lojistas e seus clientes, criando comodidade e atraindo um novo público para os empresários. “Começamos com tudo isso há um ano e meio, após percebermos as dificuldades dos lojistas com as vendas online, tanto pela questão financeira, quanto pelo marketing”, explica o empresário. Medeiros afirma que a ideia do site, batizado de Trendy Club, serve para facilitar a vida dos lojistas, que terão um portal de vendas e serviço de entregas, além de apresentar uma facilidade para os clientes, também.

Também parte do projeto, o administrador Rafael Medeiros, afirma que o site será um aliado do tradicional comércio, para fortalecer as vendas em tempos de crise. Ele explica que não há nada similar ao projeto no Brasil, e a inovação só tende a auxiliar o comércio a crescer. “A empresa precisa da adesão de, pelo menos, 30 lojas, para que o projeto comece a funcionar”, afirma.

Medeiros fala que os custos de participar da iniciativa Trendy Club podem variar de acordo com a necessidade do lojista. “Cada comerciante tem a total liberdade de escolher o plano que mais se adapta ao seu bolso. Desse modo, podemos abranger lojas grandes e pequenas”, afirma o empresário. Ele ainda complementa, dizendo que o objetivo final é fortalecer o comércio local de Petrópolis, pois, desse modo, pessoas de outros estados podem se interessar pelas lojas da Rua Teresa, e comprar produtos desse comércio, aumentando o lucro dos lojistas.

Serviço: Trendy Club e Misto de Ideias

Makinson Agostini, coordenador de tecnologia

Rafael Medeiros, empresário digital

Email: marketing@trendyclub.com.br

Fone: 21 30730319

Site: http://www.trendyclub.com.br/ e http://www.mistodeideias.com.br/

Aplicativo permite contato com cliente de maneira barata

64Muitas vezes, para empresários, é difícil manter o contato com seus clientes, e, muitas vezes, acaba-se perdendo a oportunidade de fidelizar fregueses por pura falta de organização.

Para isso, uma nova solução de marketing está surgindo no mercado. Ela consiste em as empresas terem um aplicativo próprio, em que o pequeno empresário pode manter contato com todos os seus clientes. O aplicativo permite que as empresas enviem mensagens de forma massiva para seus clientes, equipe produtiva e associados, gerando um alto índice de relevância e impacto, tanto para manda, quanto para quem recebe. de uma forma simples e barata.

Idealizado pela agência Publicidade Popular, de Porto Alegre, o aplicativo busca estreitar o caminho entre os objetivos da empresa e os do cliente. Ele vai gerando uma boa comunicação, que envolve, relaciona e aproxima o contratante, do contratado, e garantindo um bom resultado e crescimento para o negócio.

O projeto, chamado de “Publicidade para todas empresas”, foi criado com a intenção de despertar a atenção das empresas, para que elas percebam a importância de outras formas de divulgação e contato com os clientes. A ferramenta, que pode ser usada para ações em datas comemorativas, informativos, e muito mais. Outro ponto alto do aplicativo, para o empresário, é que ele possui baixo custo, se comparado com o potencial de crescimento que apresenta para a empresa.

Serviço: Publicidade Popular

Sites: www.publicidadepopular.com.br

 www.publicidadepopular.com.br/#%21universo-popular/c3x3

E-mail: contato@publicidadepopular.com.br

Um bom site e uma Fanpage: a união perfeita para sua empresa

imagem-sites-e-portaisHoje é praticamente necessário estar online. Independente de ser pessoa física ou ter uma empresa é preciso ser visto nas redes sociais para ser conhecido e lembrado – e cada vez mais pessoas tomam ciência disso. Antigamente, o papel que era exercido pelo cartão de visitas hoje não é mais o suficiente. Claro que o “boca a boca” e a indicação por meio de conversas pessoais ainda possuem bastante influência na hora de decidir por algum serviço/produto – mas o alcance desse método é extremamente menor comparado à internet. E quando se faz bom uso da internet, a sua possibilidade de conquistar um maior público é muito maior.

Jonathan Souza, publicitário e sócio proprietário da agência Publicidade Popular, comenta que para aproveitar o máximo potencial que a internet oferece podem ser feitas inúmeras ações e produtos virtuais – e que um deles que nunca sai de moda é o site institucional. “A importância que o site traz para a empresa é muito grande. Quando bem atualizado e esteticamente bonito, ele transparece a imagem de algo profissional, algo em que se é possível acreditar. Se uma pessoa quer comprar um produto/contratar um serviço e fica em dúvida entre duas empresas, com certeza a que tiver um site melhor, que traga mais credibilidade e ofereça várias opções de contato – telefone, e-mail, facebook, ‘reclame aqui’, etc, – será a escolhida. Além disso, o site deixa a sua empresa aberta durante 24 horas – e as pequenas empresas precisam explorar esse potencial”, explica.

Souza comenta que o site também serve para apresentar os serviços e produtos oferecidos pela empresa de forma mais formal, estreitar o relacionamento com os clientes e conquistar novos mercados. Porém, uma coisa que se vê muito atualmente são as empresas trocando os sites por FanPages no facebook, já que elas são mais baratas e fáceis de serem controladas – porém, o publicitário não concorda com essa nova moda. “A Fanpage é muito mais fácil de atualizar, permite uma maior liberdade para o administrador da página e oferece um maior contato direto com o público, mas, ainda assim o ideal é ter uma Fanpage e um site, não optar por um só deles. Uma FanPage é capaz de trazer mais proximidade entre a empresa e a os seus prospects, velocidade e alcance na comunicação, mas ainda assim ela precisa do apoio do site para conteúdos mais densos, pois o interessante é que nas Fan Pages tenham conteúdos curtos, além de, como já dito anteriormente, o site passar maior credibilidade aos clientes”, diz.

Por isso, o ideal é unir os dois. Para obter os resultados desejados, a FanPage deve ser administrada por alguém que conheça o público da página, que saiba como conversar com os seguidores de forma informal e ‘descolada’, e um bom site, atualizado constantemente e com ênfase na empresa, seus cases de sucesso, história, missão, visão e valores, endereços para contado, produtos/serviços oferecidos, notícias importantes, etc.

O publicitário lembra que para fazer um bom site pode ser preciso o auxílio de profissionais – e por isso muitas empresas optam por deixar isso de lado. “O site não deve ser visto como um gasto a mais, e sim como um investimento, que deixará a imagem da empresa mais consistente na internet. O proprietário precisa entender que a internet possibilita que a sua empresa seja vista no mundo inteiro – e que o seu site é a sua vitrine. Por isso, esse é um investimento mais do que válido”, comenta Souza.

Caso tenha se interessado no processo de criação de sites ou de FanPages para sua empresa, acesse o endereço http://www.publicidadepopular.com.br/ e confira os preços e os serviços oferecidos pela agência.

Seu negócio e as redes sociais

0a0amidias-sociais1Twitter, Instagram, Linkedin, Foursquare, Facebook, etc… Você provavelmente já ouviu falar de todas elas – e deve ter conta em, no mínimo, duas delas. Esses são alguns exemplos de redes sociais opções que se tornaram extremamente presente na vida de milhões de pessoas em pouco tempo – só no ano passado o Facebook, por exemplo, aumentou 146% no total de usuários no Brasil, resultando em 54 milhões de brasileiros ativos na rede.
Por isso, não é à toa que as empresas têm dado atenção especial à internet e as redes sociais – afinal, quando se tem alguma dúvida ou se deseja encontrar alguma informação nova, produto específico, lojas perto de casa, enfim, praticamente qualquer coisa, a primeira ação a se fazer é: procurar na internet.
“Esse é um mercado muito grande a ser explorado. Junto ao crescimento do número de usuários nas redes, cresce o número de perfis e páginas de lojas, restaurantes, serviços e tudo mais o que se possa imaginar, que desejam divulgar seus produtos. Porém, algumas dessas páginas são mal direcionadas, não atingem o público alvo ou podem até gerar uma má impressão nos consumidores – e naqueles que poderiam vir a serem compradores”, explica Sergio Ricardo Rocha, mais conhecido como Dr. Vendas, palestrante e atuante em consultoria empresarial e coaching.
Para aproveitar ao máximo a internet e de suas ferramentas, existem algumas dicas que podem ser seguidas por profissionais de todas as áreas, adequando as dicas ao seu objetivo. “Primeiro de tudo, o mais importante é investir no negócio – para depois investir nas redes. Caso seja feito um site, o ideal é discutir com alguém que entenda do assunto e definir aspectos técnicos, como o layout, cores e domínio, por exemplo,” comenta Rocha. No caso de uma loja que deseja vender virtualmente, é sempre bom conferir as formas de pagamento disponíveis e a segurança. ”Esses são alguns dos itens importantes serem resolvidos. Não faz sentido anunciar um produto, se ao acessar a sua loja na internet, o cliente desanimar”, exalta.
Outro fator a ser destacado é apresentar-se ao público de forma concisa, sem ser extremamente formal. “O objetivo das redes sociais é aproximar as pessoas e permitir que elas interajam. Leve isso em consideração ao escrever a sua apresentação. Invista em descrições inteligentes e convide seus fãs a interagirem com você através de comentários, likes e shares, quando se tratar de uma página de facebook, por exemplo,“, diz o especialista.
Atenção também na língua portuguesa – não é porque a linguagem é menos formal, que você pode escrever de qualquer jeito. “Erros de concordância, ortografia e gramática diminuem a credibilidade do seu negócio e demonstram falta de cuidado e profissionalismo”, alerta. É  sempre bom evitar frases de duplo sentido e textos muito longos nas redes sociais.
Promoções são ótimos investimentos. “Ao promover suas páginas, esteja ciente de que este gasto é um investimento como qualquer outro. A tentação é achar que, como o acesso às redes é gratuito, as suas campanhas também serão – e isso é um erro”, diz Sergio.
Atinja o público certo. “Uma das maiores vantagens de estar presente nas redes sociais é a possibilidade de segmentação do público-alvo”, ressalta. Como as pessoas oferecem muitas informações sobre elas mesmas nos seus perfis, como seus gostos e vontades, você pode utilizar estes dados a seu favor, e assim conversar com pessoas que têm mais potencial em se interessar pela sua página – e, consequentemente, pelo seu serviço.
Na internet as campanhas publicitárias custam menos e trazem melhores taxas de conversão, mas, para isso, é preciso ter em mente qual é o seu público: sua idade, do que gostam, onde moram e o que fazem. Todas estas informações devem ser usadas na segmentação para uma estratégia mais certeira.
Sergio Ricardo Rocha
(21) 8114-4576
sergioricardorocha@drvendas.com.br

Ideias que funcionam em redes sociais

Nessa quarta-feira, dia 29 de setembro, o Ciclo Ideias que Funcionam, promovido pela OpusMúltipla em parceria com a Livrarias Curitiba, traz o assunto mais comentado, twitado e compartilhado do momento: mídia on-line e redes sociais.
O evento contará com a participação da HouseCricket Digital & Direct, agencia do Grupo OM especializada em marketing digital e direto, que mostrará tendências e cases de comunicação na internet. O encontro trará ainda a apresentação do case internacional My Mardi Gras, criado para promover o carnaval de New Orleans, que ilustra como é possível mensurar o retorno das ações em redes sociais.
Como palestrantes convidados, os especialistas em comunicação digital, Fabiano Cruz, sócio-diretor da HouseCricket e Letícia Pedralli, analista de mídia on-line da HouseCricket.

Serviço

·          O que: Ciclo de Ideias que Funcionam.

·          Local: Livrarias Curitiba do Shopping Estação.

·          Data/Horário: 29 de setembro, às 19h30.

·          Entrada: gratuita.

Primar se rende as novas tecnologias

A tecnologia nos ajuda e facilita a nossa vida. Com apenas um clique é possível conhecer o mundo, comprar, vender, locar, entre outros. Por estes motivos e sabendo de sua importância, a Primar Administradora de Imóveis, que atua há 40 anos em todo o Grande Rio, se rendeu as novas tendências e criou uma conta no YouTube. Lá é possível visualizar vídeos que informam sobre imóveis no Rio de Janeiro e entrevistas sobre a nova Lei do Inquilinato e assuntos relacionados à convivência com os vizinhos. A Primar convida a todos a acessarem e inscrever-se na sua conta no Youtube, por isso entre em: http://www.youtube.com/user/Primar40.

No Dia do Jornalista, Grupo Uninter realiza evento sobre redes sociais

O Grupo Educacional Uninter promove nesta quarta-feira, Dia do Jornalista, às 9h30, um evento em homenagem à profissão, reunindo importantes nomes do Jornalismo nacional. Ricardo Boechat, âncora do Jornal da Band e da Band News FM; Christiane Pelajo, âncora do Jornal da Globo; Hermano Henning, âncora do Jornal do SBT Manhã; e Claudio Tognolli, escritor e jornalista investigativo, discutirão, sob a mediação de Jones Rossi, editor da Revista Galileu, o tema “A influência das redes sociais na disseminação da informação”. O evento acontece ao vivo, no Centro de Dialógica Uninter, em Curitiba, com transmissão via satélite para aproximadamente 600 Polos de Apoio Presencial, espalhados por todo o Brasil. Os jornalistas participantes poderão interagir em tempo real com os convidados, por meio da estrutura utilizada pelos alunos da Educação a Distância (0800, chat, e-mail), com perguntas e dúvidas sobre o tema. Os interessados em participar do evento deverão se inscrever pelo site http://www.grupouninter.com.br/diadojornalista e selecionar o Polo de Apoio Presencial mais próximo. A inscrição é gratuita. Informações pelo telefone 0800 702 0500.

Cliente da Toda Comunicação diz: