Como não sufocar numa gravidez não planejada

Coach de alta performance dá dicas para não permitir que a frustração tome o espaço

176775304

Imagine você com tantos planos para os próximos anos e repentinamente descobre uma gestação que não estava nos seus planos imediatos e algumas vezes nem futuros. A gravidez não planejada pode se tornar um momento de imensa culpa para o casal e mesmo apenas para a mulher que está grávida. Embora saibamos como a gravidez possa ser evitada, deslizes acontecem e, mesmo não acreditando que logo conosco, logo naquela transa irá resultar consequentemente em uma nova vida, ela vem e com tudo!
Segundo a coach Shai Porto, “a chegada de um bebê naturalmente altera a rotina de toda a família, principalmente a da mãe, sendo motivo de ansiedade. No caso da gravidez não planejada, ela vem acompanhada de uma série de impactos negativos, tanto para a grávida quanto para a criança. Porém, nem tudo está perdido num momento delicado assim, não é o fim”, comenta ela.
Bebê a bordo, é hora de aproveitar e curtir o momento, sem grandes traumas. O astral lá em cima vai trazer benefícios para você, para o seu parceiro e para quem está chegando ao mundo. O importante é que o casal siga as orientações do médico e curta a gravidez como um momento tão especial. A química entre o ideal psicológico e o clínico vai proporcionar uma gestação tranquila e saudável para a mamãe e o bebê.

A especialista destaca dicas cruciais para o sucesso da maternidade surpresa:
1. Converse! É preciso firmar acordos para acertar o lugar deste bebê nas vidas, desejos, escolhas, prioridades, planos e sonhos do casal.
2. Agora, planeje, se o seu caso for o de uma mãe solteira, bola para cima, você é muito capaz;
3. Ninguém pode dar o que não tem. Cada um deve estar ciente do quanto tem disponível de força interna para oferecer, primeiro, a esta relação e agora a esta criança;

4. O que torna tudo isso o mais tranquilo possível é ter clareza de si mesma, de seus desejos e possibilidades, para, de posse disso, poder seguir neste desafio;
5. Aproveite esse momento. Muitas mulheres que passam pela gravidez não planejada, não se permitem se sentir mães por amor e se tornam mães frias criando filhos sem objetivo nenhum, passando essa negatividade para a personalidade da criança.
6. Ser mãe solteira não é vergonha. Você não carrega uma carga que não consegue suportar. Ser mãe, vai muito além de ser mulher.
Shai Porto ressalta, que “é muito importante lembrar que os sentimentos ao longo da gravidez irão se acertar. Conforme a gestação avança, os sentimentos de aceitação irão aparecer e isso, em consequência do amor de mãe que aflorará naturalmente. Não se sinta culpada por se sentir mal, acredite, não será a primeira e nem a última mulher a enfrentar a gravidez não planejada. Por fim, não há benção maior do que a chegada de uma nova vida”, conclui a especialista.

Serviço: Shai Porto

Coach de Alta Performance
coach@shaiporto.com

https://www.shaiporto.com/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: